top of page

ASDEP recepciona 50ª turma de Delegados de Polícia

Como ocorre tradicionalmente, a Diretoria da ASDEP recepcionou a 50ª turma de Delegados da Polícia Civil nesta segunda-feira (17), na sede, em Porto Alegre.



O presidente da ASDEP, Delegado Fernando Soares, fez um breve relato das lutas classistas e da importância da representatividade da ASDEP para a categoria. “Precisamos ter a consciência de que enfrentamos muitas lutas e dificuldades e a ASDEP é a entidade que representa os delegados de Polícia e atua em defesa da valorização da carreira. Neste momento, buscamos o mesmo tratamento remuneratório das demais carreiras jurídicas”, disse ele, parabenizando os formandos e reiterando o convite para a comemoração pelos 63 anos da Associação, dia 28. “É importante que todos conheçam a nossa história, já documentada em um primeiro livro e, agora, em uma nova edição ampliada, escrita pelo delegado França, com o lançamento também neste dia”.




O vice-presidente da ASDEP, delegado José Carlos Weber, também recordou os avanços para a carreira, como a isonomia conquistada na época do governo Alceu Collares, bem como a importância da unidade de todos para o avanço nas demais lutas de classe. Nesse sentido, também, o delegado Luiz Heitor França ressaltou a importância do fortalecimento da categoria e da atuação da ASDEP há mais de seis décadas em defesa dos delegados de Polícia.





Dirigentes da Polícia Civil


O chefe de Polícia, delegado Fernando Antônio Sodré de Oliveira, deu as boas-vindas aos novos delegados, destacando a grande responsabilidade da carreira, e abordou um pouco do papel institucional da ASDEP. “Sendo sócio antigo da ASDEP, desde que ingressei na Polícia, sei da importância da união da nossa categoria nas lutas classistas”.




O subchefe de Polícia, delegado Heraldo Guerreiro, também relatou a trajetória da ASDEP na defesa dos interesses da carreira e parabenizou os formandos. “As lutas por reconhecimento nunca pararam, por isso a importância da nossa Associação ser forte e a nossa categoria ser comprometida. Sejam muito bem-vindos à Polícia Civil, temos o dever de prestar um serviço público comprometido com a segurança da sociedade”, declarou.



A diretora da Academia de Polícia Civil do RS (Acadepol), delegada Elisângela Reghelin, agradeceu a recepção da ASDEP aos futuros delegados. “Esta é uma turma muito especial, com espírito de cooperação e colaboração, sem falar nos excelentes resultados. Estamos muito orgulhosos desses profissionais”, disse ela.



A deputada estadual, Delegada Nadine, ex-chefe de Polícia e ex-presidente da Associação, também destacou a carreira de delegado de Polícia e reiterou a representatividade da ASDEP. “Tenho plena convicção que não poderiam escolher melhor profissão. Como ex-presidente da ASDEP também posso assegurar a importância dessa representatividade. Contem comigo sempre que precisarem também”, disse ela, informando a todos que o governador Eduardo Leite irá receber a ASDEP no fim de maio para tratar das demandas dos delegados.




Estiveram presentes além dos 26 formandos, dirigentes da ASDEP, dirigentes dos departamentos da Polícia Civil, da Acadepol e associados.

125 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page