top of page

Em assembleia, Delegados e Delegadas decidem aguardar proposta de reajuste do Governo antes de adotar novas medidas



Reunidos em assembleia geral, Delegadas e Delegados decidiram aguardar mais alguns dias por uma proposta de reajuste salarial para a classe por parte do Governo do Estado antes de tomar novas medidas de protesto.


A deliberação ocorreu na noite desta segunda-feira (08/04), em reunião que contou com mais de 200 Delegados e Delegadas, participando de forma presencial e online.


Recentemente, a ASDEP reuniu-se com o Chefe da Casa Civil requerendo novas informações sobre a reivindicada recomposição salarial para Delegados e Delegadas.


Artur Lemos recebeu a direção da entidade, na sexta-feira (05/04), junto com o Líder do Governo na Assembleia Legislativa, Deputado Estadual Frederico Antunes (PP).


A ASDEP levou suas reivindicações e reiterou a necessidade de uma clareza do Governo em relação às demandas da classe e de uma proposta real de reajuste salarial que até agora não ocorreu.


O Chefe da Casa Civil reafirmou que a questão depende da viabilização de receitas, seja através de redução de incentivos fiscais ou por meio de aumento de impostos, para garantir reposição aos servidores da segurança.


“Vamos aguardar uma proposta real do Governo que, parece, deve vir em breve. Estamos acreditando. Esperamos que o Governo esteja sensível à desvalorização salarial da classe que chega a 60%”, destacou o presidente da ASDEP, Delegado Guilherme Wondracek.

380 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page