top of page

Novo presidente da Asdep Guilherme Wondracek toma posse e reivindica valorização salarial


“Somente dois governadores souberam valorizar verdadeiramente a segurança pública e os delegados de polícia na história recente. As instituições policiais são responsáveis pela segurança da sociedade. E os governos, principalmente o atual, precisam valorizar isso.” Foi com esse tom que o delegado Guilherme Wondracek tomou posse como presidente da Associação dos Delegados de Polícia do RS (ASDEP), na noite desta quinta-feira (10/08), em uma solenidade prestigiada que contou com a presença de centenas de delegados, além do Chefe de Polícia Civil, Delegado Fernando Sodré, Secretário da Segurança Pública do RS, Sandro Caron, e do Procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS), Alexandre Saltz.

“Todos aqui somos apaixonados pelo que fazemos, pelo trabalho de polícia. Quem aqui não leu os romances policiais como os de Rubem Fonseca, Agatha Christie, Raymond Chandler, Georges Simenon? Quem não gosta de um bom filme policial como do diretor Michael Mann? Ser polícia é ser apaixonado pelo que se faz. Mas precisamos de valorização. Desde 2013, não temos recomposição das perdas inflacionárias. Em 2022, o Governo Leite concedeu apenas 6% de recomposição para todo o quadro do Estado. Não entendemos isso como valorização da classe dos delegados de polícia, que estão na linha de frente, combatendo o crime organizado, desarticulando facções, investigando, com inteligência policial e comandando várias operações policiais por semana”, destacou o novo presidente da Asdep, Guilherme Wondracek.


Segundo a entidade, há dez anos os delegados não recebem reajuste. Mesmo depois da recomposição concedida pelo Governo Eduardo Leite (PSDB) recentemente, as perdas salariais dos delegados se acumula.


“Tenho certeza que o governador Eduardo Leite nos receberá. Espero diálogo do governo, do governador e grande acesso a Assembleia Legislativa. Precisamos enfrentar a criminalidade e estamos fazendo isso. Mas precisamos de verdadeira valorização”, concluiu o presidente.


A Asdep representa cerca de mil delegados da Polícia Civil do RS, da ativa e aposentados.

250 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page