RESULTADOS

Atualizado: 7 de jan.

DURANTE A ENTREGA DO II PRÊMIO ASDEP DE JORNALISMO PRESIDENTE DA ENTIDADE FAZ DURAS CRÍTICAS AO GOVERNO DO ESTADO Cerca de 80% das nossas delegacias tivessem que funcionar sem os recursos disponibilizados pelas prefeituras, elas estariam completamente paradas e sucateadas em cinco dias A noite de entrega do II Prêmio de Jornalismo ASDEP no Saguão Nobre da entidade foi marcada por reconhecimento e preocupação. Além de homenagear os melhores trabalhos jornalísticos que usaram o tema Segurança Pública como mote, o presidente da Associação, Wilson Muller falou sobre a precária situação que as delegacias do RS vêm atendendo a comunidade. “Se cerca de 80% das nossas delegacias tivessem que funcionar sem os recursos disponibilizados pelas prefeituras, elas estariam completamente paradas e sucateadas em cinco dias”, afirmou o delegado. Em relação a esta situação, Muller se refere aos funcionários, combustíveis e suprimentos de escritório e informática doados pelas prefeituras e outras entidades. O presidente também fez duras críticas ao Governo do Estado e lamentou a ausência do Secretário de Segurança, José Francisco Mallmann, a qual classificou de “desrespeito aos profissionais da imprensa que trabalham em parceria com a polícia e em favor da sociedade”. A possibilidade de uma greve, segundo o delegado, está descartada. Mas a comunidade terá conhecimento da real situação do Estado sobre a gravidade dos problemas enfrentados pela polícia. “Não faremos grave, porque a sociedade não merece, mas alertamos que, se a Governadora Yeda Crusius insistir em não nos receber, teremos de revelar a situação de calamidade em que se encontra o nosso Estado”, divulgou Muller. O evento integrou imprensa e membros da segurança pública do Estado no Saguão Nobre da entidade. Marcaram presença representantes dos principais veículos do Estado, autoridades, jornalistas e membros da Associação dos Delegados de Polícia do Rio Grande do Sul - ASDEP/RS. Na ocasião, além de revelados os ganhadores do concurso nas categorias Mídia Impressa, Televisão, Rádio e Fotojornalismo (vide lista abaixo), que receberam da entidade troféu e premiação que somou um total de R$ 7.500,00 (sete mil e quinhentos reais). Entre as autoridades, estavam presentes no Salão Nobre da ASDEP o Chefe da Polícia Civil, Pedro Carlos Rodrigues, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no RS, Cláudio Lamachia, o ex-governador do Estado, Alceu Collares, o diretor cultural da Associação Rio-Grandense de Imprensa (ARI), Antonio Goulart, o Superintendente de Serviços Penitenciários, Geraldo Bertollo, entre outros. CONHEÇA OS VENCEDORES: Categoria Mídia Impressa 1º lugar - Humberto Trezzi – Jornal Zero Hora “Mercadores da Morte – A Firma” 2º lugar - Maicon Bock – Correio do Povo “Defasagem na Polícia” Menção Honrosa Luiz Carlos Rodrigues Lopes - Diário de Viamão “Quando faltam perspectivas, sobram crimes.” Menção Honrosa Rosângela Monteiro, Caren Baldo, Aline dos Santos Custódio, Hector Guevara Werlang, Cristiane de Matos, Liz de Silveira, Carolina Rocha, João Soares, e Gisele Loeblein - Diário Gaúcho “Mas isso é caso de Polícia?” Categoria Rádio 1º lugar - Jimmy Azevedo e Natália Pienegonda – Rádio Bandeirantes AM “Droga de Elite” 2º lugar - Cid Martins e Jocimar Farina – Rádio Gaúcha AM “Tráfico de Armas” Menção Honrosa Jocimar Farina e Cid Martins – Rádio Gaúcha AM Categoria Televisão 1º lugar - Wilson Rosa – SBT Rio Grande “Situação das Delegacias do Estado” 2º lugar - Categoria Televisão Carla Fachin – RBS TV “Delegacia da Mulher” Menção Honrosa Felipe Chemale – TV Com “À Espera de uma Solução” Categoria Fotojornalismo 1º lugar Luiz Gonçalves – Correio do Povo “Caiu a Casa”

0 visualização0 comentário